É deste jeito que todas as frutas vão se tornar emagrecedoras

As frutas podem ser grandes aliadas para quem deseja emagrecer, desde que consumidas do jeito certo e sem excessos. Apesar de leves e nutritivas, elas são transformadas em glicose no organismo e podem causar picos no índice glicêmico do sangue, atrapalhando os resultados da dieta. Mas existe um truque para evitar que isto aconteça e desfrutar ao máximo seus benefícios.

Frutas que emagrecem

A dica é da nutricionista Patrícia Davidson Haiat. Em seu perfil no Instagram, ela ressalta que as frutas com menor índice glicêmico são as mais indicadas para dietas “low carb”: kiwi, frutas vermelhas, maçã, pera, ameixa, pêssego, figo, pitaya e nectarina.

Mas isso não significa que as outras frutas não possam ser consumidas: “Existem algumas estratégias que podem ser utilizadas para reduzir o índice glicêmico das frutas, ou seja, a velocidade com que o carboidrato é transformado em glicose e liberado na corrente sanguínea”, explica a nutricionista.

Como consumir frutas para emagrecer

O segredo é associar as frutas a outros alimentos que tenham digestão mais lenta. Quando os morangos são consumidos com iogurte, por exemplo, o pico de glicose em seu organismo será menor do que se você comê-los puros, pois a proteína do iogurte retarda o processamento dos carboidratos. Queijos, ovos, carne, peixe e frango são outros alimentos do grupo das proteínas que podem render combinações.

Comer frutas com alguma fonte de fibra tem o mesmo efeito: quando misturadas com aveia, semente de chia ou linhaça, o impacto dos carboidratos no organismo também é reduzido. A outra opção é associá-las a alguma fonte de gordura – castanhas, amêndoas, pistache, etc. – e até mesmo a outras frutas ricas em lipídios, como abacate ou coco.

Deixe uma resposta