5 exercícios simples contra o estresse

Já que não temos como evitar o stress, o melhor jeito é lidar com ele da melhor maneira possível, buscando ampliar nossos recursos físicos e emocionais para driblar o inevitável estresse nosso de cada dia.

Cansaço, estresse e treino

Por mais cansado e estressado que você se sinta depois de um dia longo de trabalho, acredite, você tem muita energia acumulada para extravasar. Se você vencer o desânimo e insistir, vai perceber que a atividade física, mesmo quando estamos nos sentindo desanimados para isso, pode ser um ótimo recurso para combater o stress e o cansaço mental. Vamos lá!

Exercícios aeróbicos

Exercícios aeróbicos são ótimos para combater e prevenir o estresse, estimulam a serotonina e outros hormônios ligados à sensação de bem estar e prazer e ainda diminuem o hormônio do estresse, o cortisol. Nada mal! Mas, se forem praticados à noite, podem nos deixar super animados e ligados, podendo comprometer o sono e o relaxamento noturno que precisamos. Nestes casos, um pouco de aeróbico de baixa intensidade como caminhadaalongamentos e exercícios de respiração, podem ser ideais para o final do dia.

Exercícios simples contra o estresse

A tensão muscular é característica do estresse, os músculos do pescoçoombros e costas são os que mais sentem. Por isso vamos fazer movimentos que ajudam a relaxar.

 

Resultado de imagem para exercícios contra o stress

 

Cabeça

De pé, com os pés separados na largura dos ombros, quadril encaixado, joelhos levemente flexionados e braços ao longo do corpo. Faça movimentos circulares lentos com a cabeça, 8 movimentos para cada lado.

Ombros

Na mesma posição inicial do exercício anterior, mantenha a cabeça neutra e faça 8 movimentos circulares com os ombros para trás e depois 8 para a frente. Na sequência eleve os ombros como se quisesse encostá-los nas orelhas, segure a tensão por 5 segundos e relaxe, repita este movimento por 8x.

Quadril

De pé, com os pés separados na largura do ombros, quadril encaixado, joelhos levemente flexionados e mãos nas laterais do quadril, faça 8 movimentos circulares com o quadril para a direita e na sequência 8 movimentos para a esquerda.

Joelhos, tornozelos e punhos

De pé, com os pés juntos, tronco flexionado para frente, mãos apoiadas nos joelhos, faça 8 movimentos circulares com os joelhos para a direita e depois 8 movimentos para a esquerda. Na sequência, tire um dos pés do chão e faça 8 movimentos circulares com o tornozelo para um lado e depois para o outro, repita com o outro pé. Volte à posição inicial neutra e faça 8 movimentos com os pulsos para um lado e depois para o outro.

Respiração profunda (abdominal)

Deitada de barriga para cima, pernas estendidas, braços ao longo do corpo. Esta posição favorece a respiração abdominal profunda e é nela que vamos nos concentrar agora.  Encha seu peito e seu abdômen de ar, sinta sua barriga inflar quando o ar entra e encolher quando o ar sai. Dedique algum tempo nesse exercício, inspirando pelo nariz e expirando pela boca, rosto relaxado e lábios levemente abertos.

Quanto mais lenta e profunda for a respiração, mais relaxamento vai proporcionar. É possível fazer a respiração profunda em outras posições e momentos, como aqueles em que ficamos presas no congestionamento, em uma reunião estressante ou sentadas na mesa de trabalho, por exemplo.

Deixe uma resposta